Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » » » Preparativos da Adaptação de Sandman para Dust Devils
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Nesse último o mês o blog ficou parado, foram poucas as jogatinas de RPG e deixei de participar de eventos no Mundo Multi Games – MMG e na Vila do RPG, mas apesar desse período de abstinência voltei a ler as obras de Neil Gaiman, incluindo os livros e as séries em quadrinhos, cheguei a narrar alguns sessões utilizando o universo de Sandman e Livros da Magia.

O Universo Vertigo é gigante, e o Neil Gaiman consegue trabalhar muito bem esse universo. Atualmente estou narrando uma aventura de Mago: Ascensão baseado no universo de Os Livros da Magia, quem tem me acompanhado no Twitter tem visto as fotos das sessões, mas meus jogadores passaram a me cobrar a transportar o universo criado por Neil Gaiman, incluindo Sandman, Os Livros da Magia e Stardust.

Bem a ideia de utilizar esse universo nas sessões de RPG é fantástica, mas qual sistema utilizar, o primeiro sistema que veio em mente foi utilizar o sistema FATE, versão do Espírito do Século, mas o jogadores não curtiram o fato de elaboração dos personagens e queriam mais liberdade em suas cenas narrativas e menos detalhes em seu passado, para que pudessem ser trabalhados durante as narrativas.

Com essa mega exigência que poderia ser contornado utilizando o FATE decidir apresentar a adaptação para o Sistema Acepção, tinha tudo o que eles queriam liberdade de criação de personagem e narrativa compartilhada, mas não foi aceito, o grupo queria algo mais diferente, pois temos jogado muito utilizando o Sistema Acepção (uma adaptação de TWD) e Abismo Infinito... eles não queriam jogar sistema com dados... nesse dia eu já tava puto...

Então como já estava na vibe de narrar no universo de Sandman, adaptei para o sistema de Dust Devils: Histórias no Velho Oeste... putz... o sistema funcionou perfeitamente e foram dez sessões de RPG seguidas baseadas na primeira edição de Sandman. A criação de personagem e forma de resolução de conflitos foram fundamentais para escolha da adaptação, além disso, jogar com cartas ao invés de dados também motivou o grupo.

Bem a adaptação inicial está baseada no arco de história Prelúdios & Noturnos, o primeiro arco da série que consagrou Neil Gaiman como escritor de quadrinhos. Ele corresponde as oito primeiras edições de Sandman, lançado de 1988 a 1989 e ilustrado por Sam Kieth, Mike Dringenberg e Malcom Jones III.

Adaptando os Atributos
Utilizando o mesmo raciocínio do Rodrigo Marini quando adaptou Supernatural para Dust Devils, uma reformulação na nomenclatura dos atributos originais Punhos, Visão, Culhão e Coração, foi necessário para manter um clima mais adaptado ao universo de Neil Gaiman esse fato é apenas uma sugestão de atributos:

Determinação – simboliza as ações físicas do personagem.
Percepção – simboliza a lábia e a inteligência do personagem.
Força de vontade – reflete o vigor e a saúde de um personagem, bem como sua coragem, frieza e sua defesa mental.
Empatia – engloba o carisma, persuasão e o heroísmo (ou mesmo vilania) do personagem.

Com a alteração da nomenclatura elaborei de forma simples uma ficha de personagem para as jogatinas, em breve irei disponibilzar a adaptação da primeira edição de Sandman – O Sonho dos Justos. 




Autor: Jan Piertezoon
A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast.  Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller & Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
  

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios