Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » NARRANDO EM EVENTOS DE RPG
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Com a proximidade do FORPG 2013 muitos narradores sentem a necessidade de narrar no evento, mas acabam desistindo por achar que a sua mesa não irá ter jogadores suficientes, que as suas técnicas narrativas não se encaixa com dinâmica do evento ou temem que a sua sessão de RPG se estenda por muitas horas durante o evento, impedindo que os jogadores possam aproveitar as outras atividades que estão sendo desenvolvidas.

Todos esses empecilhos podem ser resolvidos com planejamento e divulgação. Narrar em eventos de RPG deveria ser uma obrigação para os narradores de RPG, pois a formação de novos jogadores é essencial para a continuidade do nosso querido hobby.

Narro em eventos de RPG há um bom tempo, e posso afirmar o quanto é interessante, animador, e desafiante a ideia de chegar em um determinado evento e narrar uma sessão de RPG para seis pessoas que você não conhece e nem imagina as formas de interpretação e objetivos que os esses novos jogadores buscam em suas narrativas compartilhadas.

Um evento de RPG é local ideal para divulgar e massificar o nosso hobby, além de ser essencial para reanimar os jogadores e narradores veteranos que estão desanimados com o RPG. Posso afirmar sem medo que durante as várias sessões de RPG que narrei em eventos aprendi muito, pois a cada momento da narrativa tinha que ir me adaptando ao modo de interpretar dos jogadores, e sempre mantendo a dinâmica durante a sessão sem perder o controle do tempo evitando tornar a sessão de RPG maçante.

Diversas são as razões para participar de um evento de RPG, recentemente escrevi um post falando sobre a Importância dos Eventos de RPG que foi publicado no site ABodega Online, deem uma lida na matéria e confiram outros motivos para participar dos eventos de RPG.

Com todos esses fatores em mente vamos algumas dicas para narradores que desejam narrar em eventos:

A Preparação
Diversos narradores gostam de improvisar durante a sua sessão de RPG, elaborando apenas algumas cenas e preparando poucos detalhes, mas para narradores iniciantes esse fato pode causar o receio de narrar em eventos, dessa forma, o ideal é prepara antecipadamente a aventura que irá ser narrada para os jogadores. O ideal é que o narrador tenha em mente o que será necessário para sua narrativa, sejam elas miniaturas, fotos, fichas de personagens e demais acessórios, deixando tudo reunido para facilitar.

A Divulgação
Um fator muito importante e pouco utilizado por narradores é a divulgação da sua mesa no site do evento de RPG, pois ao divulgar a sua narrativa, diversos jogadores poderão ir ao evento com a certeza de jogar em uma mesa determinada. Para narradores que queiram realizar playteste de seus sistemas de RPG (Confira Dantum), a divulgação se torna imprescindível, pois já cria uma expectativa nos jogadores de participarem da elaboração de um novo sistema de RPG. É interessante utilizar a divulgação de blog’s, fóruns e fanpage´s que estejam engajados com o evento de RPG, dando uma maior visibilidade a sua narrativa.

Personagens Prontos
Com a divulgação de seu evento já estabelecido, vamos preparar as fichas dos personagens que serão os protagonistas da narrativa, o ideal é que o narrador leve as fichas já preenchidas com histórico elaborado, algumas dicas de interpretação e se necessário algumas estratégias de combate do personagem. Costumo elaborar quatro personagens masculinos e dois personagens femininos e determino que o máximo de jogadores em minha mesa será de seis jogadores, evitando assim que jogadores fiquem ociosos na minha narrativa.

Aventura com objetivo simples
Durante a elaboração da aventura o narrador deve ter em mente a limitação do tempo, pois o ideal que a aventura tenha uma duração de três horas, dando oportunidade dos jogadores desfrutarem o evento ou participarem de outras narrativas.

Utilize um cenário em conjunto com a ambientação para a deixar a sua aventura com os objetivos bem definidos, lembre-se que você provavelmente terá jogadores iniciante em sua mesa, então o velho matar-pilhar-destruir pode facilitar muito na hora de conduzir a sessão, mas mantenha um elemento na aventura que possa da uma reviravolta na aventura causando uma surpresa nos jogadores.

Costumo dividir a minha narrativa em três momentos:
Primeiro Momento: consiste na apresentação dos personagens, uma cena de interpretação onde os jogadores possam se adaptar ao cenário e interagir com os outros na mesa. Durante esse processo é inserido os objetivos que os personagens deveram buscar resolver na aventura. 
Segundo Momento: consiste no momento em que os personagens encaram alguns obstáculos e são apresentados ao antagonista da narrativa. Os obstáculos podem ser: um encontro que envolva um combate, um diálogo em que envolva uma difícil escolha, uma fuga ou resgate e demais. Agora o primeiro confronto com o antagonista deve ser marcante, os jogadores devem encontrar dificuldade em concluir seus objetivos, mas é no final do Segundo Momento depois que os personagens encaram o antagonista, que conseguem encontrar algo que possa ajudá-los em um futuro confronto com o antagonista.
Terceiro Momento: consiste no ato final da aventura, ideal para causar uma reviravolta na aventura, os personagens descobrem os motivos que movimenta as ações dos antagonistas, aliados se tornam inimigos, novas alianças são realizadas e o embate final é realizado.

Com base nessa estrutura é possível desenvolver uma narrativa simples e bastante envolvente. Abaixo elenco algumas aventuras prontas para Old Dragon e Dust Devils que utilizam essa mesma estrutura em suas narrativas.

Aventuras Prontas para Old Dragon

Aventura Pronta para a ambientação Ronin de Dust Devils

Recurso visual
Alguns jogadores sentem alguma dificuldade em entender ou imaginar determinadas cenas ou descrição de personagens, haja vista, durante o evento é fácil os jogadores se distraírem com a grande quantidade de atividades sendo realizadas. Dessa forma, recomendo o narrador imprimir algumas fotos dos cenários e dos antagonistas que os personagens terão mais contato e deixar a disponibilidade na mesa para que os jogadores possam constantemente manusear as fotos, aumentando o foco e a interpretação dos jogadores.

Reunindo os jogadores no evento de RPG.
Assim que chegar ao evento de RPG, procure os organizadores e se apresente, pois com certeza a primeira pessoa que os jogadores irão procurar será o coordenador para saber onde o narrador irá narrar. Quando os jogadores chegarem a sua mesa indague se já jogaram RPG antes e qual sistema de jogo, dessa forma, você terá uma idéia básica do gosto do jogador, trate os jogadores pelo nome, mas quando em jogo trate apenas pelo nome do personagem. Apresente o sistema aos jogadores e explane um pouco sobre o cenário. Nesse momento é interessante dialogar com os jogadores para melhorar na interação durante a narrativa.

Narrando durante o evento
Narradores tentem narrar em pé para obter uma atenção maior dos seus jogadores, mantenha a sua narrativa dinâmica e envolvente. Durante a descrição das cenas coloque bastante entusiasmo, mas não grite para não atrapalhar os narradores vizinhos, se necessário caminhe ao redor da mesa para ficar mais próximo do jogador que está participando da cena.

Durante o combate narre de formar caótica, não deixe que os jogadores passem muito tempo raciocinando, passe a idéia de algo feroz, deixe no máximo um minuto para o jogador dizer a sua reação, demorou passe para o próximo, dessa forma o combate fica rápido e os jogadores focados elaborando as suas ações.

Encerrando a narrativa
Pergunte aos jogadores se gostaram e o que mais acharam interessante da sua narrativa, comente sobre alguns locais em que os jogadores possam jogar RPG e divulgue o seu blog, fanpage, grupo, fórum e demais, mais independente disso divulgue o RPG para os novos jogadores incentivando a expandir esse mercado.

Bem espero que tenha ajudado aos narradores que estão empolgados para narrarem em eventos e convido a todos comparecerem ao FORPG 2013 o maior evento de RPG do Nordeste.

  

FORPG 2013
DATA: 21 e 22 de Dezembro
LOCAL: Pirata Bar – Rua dos Tabajaras, 325, Praia de Iracema, Fortaleza-CE.
HORÁRIO: 10hs as 18hs
ENTRADA: GRÁTIS!!!!!!!!

CONVIDADO ESPECIAL: Daniel "Dan" Ramos – O Senhor das Artes visuais da Redbox Editora, blogueiro do BiroscaNerd e autor do meu Hack/RPG do momento O Mundo das Trevas Fantasia (mais informações em breve).


Autor: Jan Piertezoon
A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast.  Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller & Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios