Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » Prêmio Dragão de Papel
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


O Prêmio Dragão de Papel é uma iniciativa que visa incentivar e premiar os fomentadores de conteúdo para o nosso querido RPG, nas categorias: Melhor Jogo Nacional de RPG, O Grande Mestre e Melhor Jogo de RPG traduzido. O idealizador dessa proposta é o Francisco Martellini, responsável pelo blog Além da Imaginação, com a co-participação de Alan Silva, gestor do estúdio de jogos House Rules, e Matheus Medvedeff, um dos idealizadores do vlog/hangout Mesa de Encontros. Essa trindade é responsável em prestigiar os produtores e incentivadores dos conteúdos de RPG.

Origens

No mês de setembro foi iniciada uma lista de discussão para apresentar a idéia, mas apenas em novembro que veio a público o edital da premiação, dando direito a todos brasileiros e portugueses que são produtores, game designers, editoras, autores de blogs, podcast, videocast ou qualquer pessoa que gere um tipo de conteúdo pertinente as categorias do prêmio, a participação dos companheiros portugueses, pode parecer surpresa, mas quem já acompanha alguns grupos de discussões conhece o valor do conteúdo português produzido para os jogos analógicos.

Pois bem, agora no dia 24 de dezembro foi publicada a contabilização de 1041 votos e a apresentação dos finalistas para a segunda e última etapa, confira no site Premio Dragão de papel os finalistas por categoria, que serão avaliados por três juízes escolhidos pela equipe organizadora decidirão o vencedor de cada categoria em um hangout ao vivo no dia 16 de Janeiro de 2014 no evento Mesa de Encontros. Eis a lista dos juízes abaixo:

Dmitri Gadelha – Autor do Site Vila do RPG e do programa Vlog da Vila.
João Eugênio – Autor do tradicional blog sobre notícias de RPG Confraria de Arton.
Jaime Daniel – Autor do blog de resenhas e críticas Metagamers.

Creio que até o dia 16 de janeiro consigo resenhar os RPG que ainda não foram apresentados no Blog Filhos da Gehenna.

E o prêmio vai para...

Agora que já foi encerrada a votação popular posso falar sobre os meus favoritos sem a preocupação de influenciar alguns votos indecisos.

Melhor Jogo Nacional de RPG

Na categoria de Melhor jogo nacional de RPG o Prêmio vai para... UED – Você é a Resistência, minha opinião, vamos as explicações:

Advanced Malditos Goblins - Um mini RPG de humor. Neste jogo os jogadores interpretam goblins fracotes que morrem por qualquer coisa!
Opinião: Adquirir Advanced Malditos Goblins, motivado pelo excelente Card Goblins, apesar de não gostar de narrar RPG que evocam a temática de humor, mas a qualidade gráfica do material, incluindo a diagramação, a praticidade para narrar e de se assimilar o sistema de resolução de conflitos garante ótimas sessões de jogo.

Cosa Nostra - Um jogo narrativo sobre a Máfia.
Opinião: Assim que saiu o financiamento coletivo eu comprei simplesmente por causa do nome italiano evocando a temática “Máfia”, joguei o fastplay algumas vezes e gostei bastante, tenho altas expectativas a respeito desse jogo.

PULSE - Jogo sobre investigação no tempo, campeão do GameChef 2013. Desenhando pulsos os jogadores criam uma história juntos.
Opinião: Acompanhei o desenvolvimento de alguns jogos do Game Chef Brasil, quando foi disponibilizado os ingredientes que deveriam conter no jogo, achei muito difícil de utilizar alguns conceitos, principalmente por causa das imagens que eram bastante abstratas, mas é um exercício de desenvolvimento de jogo que todo designer deveria se submeter... Bem o Pulse joguei algumas vezes utilizando o playteste. Gostei da mecânica de resolução de conflitos, bastante inovadora e que chama a atenção dos jogadores e de quem observar a jogatina. Quando comprei o livro foi outra surpresa, pois o livro tem o formato de círculo com uma capa que funciona como um compasso para desenhar os pulsos das ações. O cenário encaixa perfeitamente ao sistema de regras, pois a ideia de que o tempo é fluido e ações se propagam em forma de ondas, pulsos deixam o contexto bastante elegante. 

Space Dragon RPG - Space Dragon traz as mais clássicas histórias de aventura e exploração espacial típicas do gênero pulp.
Opiniâo: Durante o ano de 2013 foi um dos jogos que mais narrei e adaptei diversos filmes e séries (AVATAR), gosto muito desse jogo por sua facilidade em preparar narrativas, por ter a sua concepção oriunda de Old Dragon faz com que os jogadores comprem a ideia de conhecer um novo RPG, alem disso, temos grupo de discussões que estão constantemente fornecendo material de apoio aos narradores e jogadores. Se não tivesse comprado o UED – Você é a Resistência durante o FoRPG esse teria sido o meu escolhido como O Melhor Jogo Nacional de RPG.  

UED – Você é a Resistência! - Um Jogo de Sci-Fi e Sobrevivência. Sobre combates difíceis e gestão de recursos escassos em um mundo congelado.
Opinião: Apesar de conhecer o sistema Lost Dice, só conseguir comprar o livro recentemente no FoRPG, comprei diretamente das mãos de Thiago Edwardo. Esse material explodiu minha cabeça o sistema consegue emular e transmitir para o jogador a tensão da falta de suprimentos e o receio de ficar perdido em um local desértico sem recursos. A maleabilidade do sistema para ser utilizado com ou sem combate tático, ou seja, é possível narrar utilizando miniaturas em combate, mas não é necessário e nem prejudica a narrativa a falta desse acessório. A temática Sci-fi/apocalíptica em conjunto com um cenário bem organizado e estruturado com lacunas em momentos propícios para o narrador preencher deixa as narrativas interessantes. O fator que ganhou os meus jogadores é que durante a elaboração dos personagens eles devem escolher uma música, esse simples fato enriqueceu em muito as narrativas, em breve coloco uma resenha e os relatos das sessões que estamos jogando. Por todos esses fatores o UED – Você é a Resistência é o melhor jogo de RPG Nacional, na minha concepção.

O grande Mestre

Na categoria de O Grande Mestre o Prêmio vai para... Jogador Sonhador, minha opinião, vamos às explicações:

Blog RPGista - Blog de notícias, artigos e material para RPG em geral.
Opinião: Um excelente blog, com post’s constantes, conteúdos bem elaborado e um ótimo local para obter informações com as notícias sobre o nosso querido RPG.

Encho Vinícius Chagas - 1º brasileiro a ganhar o GameChef mundial; criador da Capital dos Jogos, motivando novos jogadores e desenvolvedores.
Opinião: Admiro bastante o Encho por ter desenvolvido o jogo Pulse em um curto espaço de tempo utilizando umas imagens bizarras, e o homem não para, já está em playteste o HEX, um dos seus projetos que estava parado, mas que está deixando muita gente curiosa para conhecer.

Formação Fireball - Um grupo de amantes de RPG que produz conteúdo épico em blogs e videoblogs!
Opinião: Comecei a acompanhar os vídeo dessa galera no mês de julho desse ano, enquanto procurava material para o D&D 4 Edição e os vídeos do Formação Fireball são bons. Os relatos de campanha, dicas e os contos que são colocados no blog são bem escritos. Pedroka e Roxo são carismáticos, a qualidade da edição de vídeo apesar de simples é elegante, a duração dos vídeos é ideal para a forma que o assunto é abordado, o conteúdo dos vídeos é rico em informação e é assimilado de forma agradável, mas a crescente dessa dupla realmente aconteceu depois de uma divulgação no site do Jovem Nerd, então se continuarem com essa qualidade e aos poucos forem se renovando, como já estão fazendo, é certeza de sucesso.

Rafael Beltrame - Autor de Diversos suplementos do Old Dragon, dono do blog Moostache e web celebridade do RPG Nacional!
Opinião: Por ser um colecionado de material de AD&D sempre fico fuçando na net por informação das caixas de modulo básico de RPG da TSR e nessas buscas acabei chegando ao Blog do Rafael Beltrame Módulos RPG, que produz otimos post e vlog's, uma grata surpresa. A Aventura Forte das Terras Marginais baseado em uma aventura The Keep on the Boordelands GG 1979, é muito bacana e bem contextualizada, a criação do selo Moostache Book e a afirmação do Site Moostache, deu ao Rafael Beltrame um respaldo maior entre os consumidores de produtos de RPG, garantindo uma confiança que o conteúdo produzido por Rafael terá uma qualidade interessante, dessa forma, suprindo os consumidores dos produtos da Redbox Editora.

Jogador Sonhador - Um podcast bimensal sobre RPGs com dicas, ideias, entrevistas, sessões de jogo, eventos e resenhas.
Opinião: Posso afirmar que o principal motivado da criação do Blog Filhos da Gehenna foi o Jogador-Sonhador, pois sempre fico empolgado com a qualidade do conteúdo produzido pelo podcast, por estarem sempre produzindo conteúdos sobre diversos jogos, por desenvolverem jogos (Sussurrus, Tea Time!, Shinigami e demais), realizando playteste e apresentando opiniões embasadas sobre os jogos mainstreams e indies. Jogador-Sonhador apresenta de forma contextualizada diversos jogos de RPG e esse é o fato de ser o escolhido como O Grande Mestre, no meu conceito.

Melhor Jogo de RPG Traduzido

Na categoria de Melhor Jogo de RPG Traduzido o Prêmio vai para... Blood & Honor, minha opinião, vamos às explicações:

Blood & Honor - Lute e represente a violência e drama das disputas dinásticas, trágicas e devastadoras.
Opinião: O livro mais bonito da minha coleção, olha que ela não é pequena, Blood & Honor é magnífico em todos os aspectos. A Diagramação é fluida se encaixa perfeitamente com as ilustrações, a caixa do livro tem uma qualidade estupenda, o mapa do Japão Feudal e as cartas de arquétipos dos personagens possuem ilustrações lindas a tradução está muito boa, fiquei com receio no início, pois como possui o livro original fiquei em dúvida se a tradução não iria atrapalhar na escolha de alguns termos que poderiam atrapalhar para o jogador assimilar o conteúdo. Por esses fatores Blood & Honor é o Melhor Jogo de RPG Traduzido, no meu conceito.

Dungeon World - Um RPG de aventura fantástica que combina a pegada dos jogos da velha guarda com regras modernas.
Opinião: O livro mais esperado pelo meu grupo de RPG, jogamos muitas sessões, quanto a tradução e a qualidade gráfica o livro é muito bom, o tamanho ideal é gostoso de ter em mãos e folhear, a tradução está boa, não me lembro de ter encontrado algum erro de revisão, uma das melhores aquisições desse ano. 

Dust Devils - Interprete personagens inspirados nos melhores filmes e lendas do western.
Opinião: um dos RPG mais jogados pelos membros do Blog Filhos da Gehenna, jogamos muito Dust Devils e elaboramos adaptações (Sandman), dicas para narradores e jogadores (DjangoUnchained & Dust Devils - Comentários), aventuras prontas (A lenda dos 47samurais) e regras alternativas (O Dado Mentiroso)

Lady Blackbird - Lady Blackbird está em plena fuga de um casamento arranjado com o Conde Carlowe. Como Escaparão da Mão do Infortúnio?
Opinião: Disponibilizado pela Redbox fez a alegria do meu grupo por um tempo, o jogo é rápido de ler, fácil de assimilar e está repleto de diversas ideias para a narrativa. O sistema de resolução de conflitos é acessível, sendo algo fácil de entender, alem disso, temos disponibilizado algumas fichas prontas para iniciar uma jogatina rapidamente, em suma é possível manter uma campanha bem estruturada por um bom tempo.

The Shotgun Diaries - Um jogo premiado RPG que revive as clássicas cenas dos famosos filmes de apocalipse zumbi.
Opinião: Aficionado por esse jogo comprei a versão americana original, e as duas versões que lançadas pela Redbox Editora (a Lata e a Caixa), jogamos muito The Shotgun Diaries principalmente durante o auge do anime Highschool of The Dead. A tradução é muito massa e veio em momento oportuno e durante o FoRPG do ano passado tivemos algumas mesas e os jogadores receberam muito bem o sistema de resolução de conflitos, algumas pessoas afirmam que The Shotgun Diaries está mais para um Boardgame que para um RPG.

Bem webespectadores saliento que estes são os motivos de ter escolhidos os jogos para ser os premiados no Prêmio Dragão de Papel, mais que fique bem claro que não sou nenhum juiz apenas estou expressando a minha opinião e homenageando as personalidades que foram responsáveis em fornecer material de apoio para as diversas sessões de RPG que narrei e joguei durante esse ano de 2013, e espero que em 2014 novos jogos venham a ser apresentados para cada vez mais impulsionar o RPG.


Parabéns a todos os participantes do Prêmio Dragão de Papel e um agradecimento especial para os idealizadores desse Prêmio que veio em um momento muito oportuno.




Autor: Jan Piertezoon
A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast.  Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller & Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

2 Deixe seu relato!!!

  1. Genial, modelo de post muito demonstrando e justificando opiniões. Vou compartilhar.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo apoio Alan Silva e parabéns pela iniciativa do Prêmio Dragão de Papel, agora que apenas três juízes, consegui expor a minha opinião sem influenciar alguns votos.

    ResponderExcluir