Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » » » Designer de Jogos: Game Chef Brasil, Igrejota e Geekontro
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Game Chef Brasil 2014

Hoje falta exatamente três dias para encerrar o envio dos jogos analógicos que estão em desenvolvimento para o concurso Game Chef Brasil 2014.

O Game Chef é um dos principais concursos de desenvolvimento de jogos analógicos a nível mundial, a sua primeira edição foi realizada em 2002, a participação no concurso pode ser sozinho “forever alone”, em dupla ou equipe, mas apenas um jogo inscrito por pessoa, é necessário que os participantes desenvolvam um jogo analógico “jogável”, seja ele um Boargame, cardgame, RPGs ou demais, tudo no prazo de nove dias, utilizando os ingredientes e o tema definidos.

Além do Brasil, a competição será realizada em outros sete países Game Chef English, Game Chef Pummarola Ediscion, 게임 셰프 코리아, Le Game Chef , Game Chef Россия, Game Chef Slovenija, Game Chef Edycja Polska, onde cada país escolhe o seu finalista. A avaliação dos jogos analógicos é realizada pelos próprios participantes, ou seja, uma vez enviados todos os jogos, cada participante receberá quatro jogos para avaliar. Os jogos que receberem as melhores indicações são avaliados pelos organizadores e então é decidido o finalista.

Deve-se salientar que no ano passado o Brasil foi o campeão com o jogo Pulse desenvolvido por Vinícius "Encho" Chagas, confira detalhes no PATREON.

O tema definido para esse ano é: NÃO HÁ LIVRO!  E os quatro ingredientes desse ano são: ABSORVER, INDOMADO, RELUZENTE e FOICE. Esse tema e os ingredientes devem ser trabalhados pelos competidores, sendo que é permitido total liberdade na interpretação, desde que não fuja do tema e o jogo contenha no mínimo dois ingredientes.

Interessados em maiores detalhes sobre a edição desse ano do concurso, acompanhem as informações no site Game Chef Brasil.


Igrejota & Game Chef Brasil 2014

O Cenário de desenvolvimentos de jogos em Fortaleza – CE está bastante movimentado, pois o Incrível Grupo de Estudos em Jogos de Tabuleiro – IGREJOTA está participando do Game Chef Brasil 2014, e no último encontro semanal foi realizado um "brainstorm" e muitos jogos começaram a ser desenvolvidos.

O Incrível Grupo de Estudos em Jogos de Tabuleiro – IGREJOTA tem como objetivo estudar jogos analógicos: suas mecânicas, temas, e aplicações, tomando isso como exercícios de game-design, além de jogar vários jogos de tabuleiro e/ou cartas.

Com esse objetivo em mente os membros da IGREJOTA elaboraram diversos jogos para participarem do Game Chef Brasil 2014, é possível acompanhar o desenvolvimento desses jogos no Grupo do Facebook do IGREJOTA.


BOARDGAME: O QUE ESTAMOS JOGANDO... O QUE ESTAMOS CRIANDO
Geekontro 2014

Completando essa semana em que está em evidência o desenvolvimento de jogos analógicos, a edição do Geekontro 2014 irá apresentar o painel BOARD GAMES: O QUE ESTAMOS JOGANDO, O QUE ESTAMOS CRIANDO, um bate-papo comandado por Marcos Willian Portolan Mayora, criador do jogo party game Pablo em conjunto com os convidados:

Formiga Fabio, organizador do JogaFortal
Lucas Mamede Barbalho e Glaudiney Mendonça do grupo de estudos Igrejota.
Pedro Parente, empresário e dono do Balboa's Luderia e Cheesesteak House
Bruno Teixeira Maia, da ToPlay Studio, que está desenvolvendo um novo card game.

Um painel que irá debater o cenário atual de desenvolvimentos de jogos analógicos e o crescimento do mercado dos boargames, além disso, os participantes estarão concorrendo a diversos brindes que serão sorteados durante a apresentação do painel.

O painel acontece nesse sábado, dia 17, às 14h, dentro da programação do Geekontro Games. A entrada é 1kg de alimento não-perecível e as senhas estão sendo trocadas pela doação a partir das 12h na mesa de informações em frente ao auditório da Livraria Cultura.

O Geekontro 2014 é uma realização Pixetera em parceria com a Livraria Cultura e o Laboratório de Sabores, e conta com o patrocínio do Balboa´s e da Art & Toys.

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios