Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » HQ’s Resenha: Monstro do Pântano de Len Wein & Alan Moore
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


A Saga do Monstro do Pântano de Alan Moore foi responsável por revolucionar a forma de produzir histórias em quadrinhos e os leitores brasileiros a muito tempo aguardavam o relançamento dessa saga.

A Editora Panini lançou recentemente A Saga do Monstro do Pântano - Livro DOIS de Alan Moore, dessa forma, continuando com a série de resenhas objetivas e sinceras, apresento a resenha do Monstro do Pântano: Raízes - Volume UM de Len Wein, lançado em 2013 e as resenhas da Saga do Monstro do Pântano Livro UM e Livro DOIS de Alan Moore. 

Você que é fã do selo VERTIGO da DC tem por obrigação acompanhar essa saga do Monstro do Pântano, principalmente o período escrito por Alan Moore, pois esse trabalho do Moore foi o maior responsável por incentivar a DC apresentar o selo VERTIGO.

Resenhas...


Monstro do Pântano: Raízes
Volume 1

Sinopse: O biólogo Alec Holand cria uma fórmula de reestruturação biomolecular e um grupo de investidores decide adquirir a fórmula a qualquer custo, dessa forma, o laboratório de Alec Holand é alvo de um acidente provocado pelo grupo. O acidente premeditado deixa Alec Holand com o corpo em chamas contaminadas com a fórmula de reestruturação biomolecular e em sua fuga desesperada acaba "caindo" em um enorme pântano... e ressurge como o Monstro do Pântano.

Resenha: Nesse encadernado o leitor encontrará a primeira aparição do Monstro do Pântano, referente as primeiras seis edições das vinte e quatro edições publicadas nos anos setenta. O roteiro é de Len Wein e arte de Berni Wrightson (Batman – O Messias), os reais criadores do personagem. Deve-se salientar que apenas no início da década oitenta Alan Moore assume o desenvolvimento do Monstro do Pântano.

Os roteiros de Len Wein se preocupam em manter uma simplicidade no enredo e explorar o desenvolvimento emocional dos personagens, apesar de possuir descrições exageradas em certos momentos, todas as características típicas das histórias cults de terror dos anos setenta estão presentes, proporcionando ao leitor envolver-se com as personagens femininas gritando, vilões bizarros e heróis atormentados.

Monstro do Pântano: Raízes é uma leitura arrastada para alguns leitores atuais, com muito texto, típico dos quadrinhos dos anos setenta, acompanhado de uma arte inovadora para época, pois rompe o padrão dos quadrinhos. A forma gráfica dessa edição da Panini Comics é um bom trabalho, apesar de muitos reclamarem por essa edição ser de capa cartonada e papel pisa brite, lançada em junho de 2013 e até a data presente não foi lançado o segundo volume.

Compra certa? Sim, sim, sim. Monstro do Pântano: Raízes é uma leitura obrigatório para todos os amantes das histórias em quadrinhos de horror, mas o leitor deve ter uma mente aberta para aproveitar a leitura, pois esse clássico dos anos setenta segue um padrão que para muitos pode estar datado. As histórias em quadrinhos do Monstro do Pântano são cativantes, proporcionando ao leitor uma leitura singular.

Informações básicas:
Editora: Panini Comics
Edição: Clássicos DC Monstro do Pântano Raízes: Volume 1; Formato: 17x26cm, Capa com lombada quadrada; papel Pisa brite; 164 páginas; Compreende The House of Secrets #92 e Swamp Thing 1-6. De acordo com a Panini Comics Monstro do Pântano: Raízes terá no total dois volumes.
Preço: R$ 19,90 (preço de capa em 2013)


A Saga do Monstro do Pântano – Livro UM – Alan Moore

Sinopse: A concepção inicial de que um biólogo sofre um acidente em seu laboratório, busca refúgio no pântano e se torna a criatura Monstro do Pântano está presente, mas Alan Moore consegue transformar esse personagem de uma forma única ao acrescentar uma carga emocional ao personagem e aprofundá-lo em histórias densas repletas de terror.

Resenha: Deve-se salientar que não existe aqui uma necessidade de leitura prévia das outras histórias do Monstro do Pântano, pois a fase de Alan Moore foi idealizada para ser um "recomeço", acrescento que o leitor novato deveria iniciar a leitura do Monstro do Pântano por essa fase. Aqueles que não tiveram acesso ao encadernado Monstro do Pântano: Raízes de Len Wein podem ler essa saga sem preocupação.

Alan Moore inicia a sua saga de Monstro do Pântano, matando literalmente o personagem protagonista, após sua morte uma autópsia é realizada, e a descoberta de algo revelador... explode a cabeça do leitor. Essa premissa aparentemente simplória é responsável por apresentar uma narrativa densa e dar uma maior profundida aos personagens que surgem durante o desenvolvimento do roteiro.

Sem se preocupar com qualquer tipo de amarra literária Alan Moore recria o Monstro do Pântano, desenvolvendo uma trama para um público carente de história adultas, densas e com personagens que estão ultrapassando os seus limites.

É fascinante para leitor acompanhar o nascimento do selo VERTIGO, pois a cada página explorada é possível visualizar a “receita” que demais autores iriam se basear para desenvolver suas histórias para o selo VERTIGO da DC.

Compra certa? SIM!!!!! É Alan Moore... A Saga do Monstro do Pântano – Livro UM é um marco nos quadrinhos, consagrados autores como Neil Gaiman, Garth Ennis e Grant Morrison foram influenciados por essa obra de Alan Moore.

Informações básicas:
Editora: Panini Comics
Edição: A Saga do Monstro do Pântano – Livro UM no formato 17 x 26 cm, 212 páginas em papel Prisa brite, referente as edições # 20 a # 27 de The Saga of The Swamp Thing, inclui prólogo do autor de horror Ramsey Campbell e uma nova introdução pelo cocriador e editor da série original, Len Wein. A Saga do Monstro do Pântano será lançada em seis edições.
Preço: R$ 23,90


A Saga do Monstro do Pântano – Livro Dois – Alan Moore

Sinopse: Continuação das histórias que redefiniram o Monstro do Pântano nos anos oitentas e revolucionaram as publicações de história em quadrinhos. Alan Moore em conjunto com os artistas Stephen Bissette, John Totleben, Shawn McManus e Rick Veitch apresenta aos leitores uma magnífica obra de arte.

Resenha: Continuando com as histórias do Monstro do Pântano, nessa edição Alan Moore edifica o novo conceito do personagem que passa a interagir com diversos personagens conhecidos do universo DC.

Alan Moore em pouco tempo já apresenta um grande amadurecimento do personagem Monstro do Pântano, o roteiro ganha uma leveza deixando a leitura mais fluída, aumentando a imersão dos leitores nos momentos tensos da narrativa.

A Editora Panini Comics mantêm a mesma qualidade gráfica presente nas edições anteriores, o que vem deixando alguns leitores insatisfeitos "quadrinhos em papel jornal" particularmente gosto do papel prisa brite, pois combina perfeitamente com o roteiro e a arte, gostaria apenas que a capa fosse dura ao invés da capa cartonada de lombada quadrada, mas nenhum desses detalhes interfere no prazer da leitura é mais uma questão de estética.

Compra certa? SIM, SIM, SIM!!!!! É Alan Moore na sua essência mas pura. O prólogo de Neil Gaiman complementa de forma magistral o prazer do leitor em ser engolfado por diversos acontecimentos da narrativa de Monstro do Pântano.

Informações básicas:
Editora: Panini Comics
Edição: A Saga do Monstro do Pântano – Livro DOIS no formato 17 x 26 cm, 228 páginas em papel Prisa brite, referente as edições # 28 a # 34 de The Saga of The Swamp Thing e The Swamp Thing anual #2, inclui prólogo de Neil Gaiman e uma introdução de Jamie Delano. A Saga do Monstro do Pântano será lançada em seis edições.
Preço: R$ 24,90


Pois bem... O Monstro do Pântano é leitura obrigatória para a todos os amantes de histórias em quadrinhos, não deixem de aquirir essa obra-prima.   

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios