Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » Mangá: Prophecy - Tetsuya Tsutsui
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

  
Escrevo essa resenha enquanto ainda estou “digerindo” a leitura final do mangá Prophecy de Tetsuya Tsutsui, publicado em três volumes pela Editora JBC... é difícil elaborar uma opinião, pois muitos acontecimentos na história do mangá estão arraigados com conceitos sociais orientais.   

O autor de Prophecy, Tetsuya Tsutsui, é um dos grandes mangakás independentes, conhecido por produzir obras de horror e suspense, das quais, algumas já foram publicadas na França, inclusive o título original do mangá é Yokokuhan e o nome Prophecy é do titulo da edição francesa. Prophecy (Yokokuhan) é um mangá seinen publicado em 2011 no Japão na revista Jump Kai e logo em seguida em três volumes (tankobon). A Editora JBC tem investido bastante nesse gênero, graças aos sucessos de vendas motivados por publicações como Death Note, Diário do Futuro, Senhor dos Espinhos e Jogo do Rei.

Para evitar qualquer tipo de “spoiler” essa resenha referente aos três volumes do mangá, irá apresentar um apanhado de algumas informações de forma subjetiva que não irá denegrir o prazer do leitor ao desbravas as páginas de Prophecy. 

Resenha...

Sinopse: Durante uma investigação de um caso de rotina o Departamento Anti-crimes Cibernéticos descobre que um homem usando uma máscara de jornal grava diversas mensagens em vídeos e expõe on-line, nos quais, ele prevê diversos crimes hediondos. As previsões desse profeta profano tornam-se realidade e as autoridades policiais começam a se questionar qual é a identidade, o que motiva e como o profeta sabe exatamente os locais dos crimes.

Resenha: Tetsuya Tsutsui combina enredo de thriller policial com uma bela arte, que fascina o leitor e com o desenvolvimento dos personagens na história o mangaká vai apresentando desenhos de grandes cenas cada vez mais elaboradas.

Em diversos momentos são inseridos cenas de flashbacks para revelar ao leitor algumas motivações dos personagens, das quais, são bem elaboradas e recebem uma atenção especial para evitar que ocorra alguma dificuldade em relacionar os eventos do passado com os do presente.

O enredo de Prophecy (Yokokuhan) mantém o leitor envolvido a cada página e as pequenas revelações no decorrer do deslace da trama aumentam o sentimento de curiosidade de como será e se será capturado o profeta profano. A forma frenética em que a narrativa é conduzida consolida certa ambigüidade ao leitor, pois em diversos momentos você estará apoiando as ações do profeta profano e logo em seguida desaprovando, o típico caso... os fim justificam o meios?       

Vale a compra? SIM... Prophecy (Yokokuhan) é um mangá com um roteiro bem estruturado, de uma leitura frenética e narrativa fluída, que deixará o leitor absorto no enredo de Tetsuya Tsutsui. A construção da personalidade dos personagens que estão envolvidos em desvendar o autor dos crimes é incrível. Por serem apenas três volumes aguardei a publicação de todos para iniciar a leitura, ainda bem, pois quando se inicia a leitura, você não quer mais parar.

Informações básicas:
Mangaká: Tetsuya Tsutsui
Editora: JBC
Edição: Totalizando três volumes, todos já publicados, no tamanho 13,5cm x 20,5cm com aproximadamente 220 páginas.
Preço: R$13,90 (cada volume)


Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios