Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » RPG: Narrando a Lenda dos Cinco Anéis
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


A Lenda dos Cinco Anéis é um sucesso, há uma grande expectativa para o início da pré-venda do livro básico, o quickstart bateu recordes de downloads em instantes, após a publicação da resenha do quickstart, recebi diversas indagações de quais foram as alterações que realizei na aventura introdutória – O Legado do Desastre e quando iria publicar os relatos das sessões narradas.

Expor o relato da sessão de rpg da aventura introdutória – O Legado do Desastre em uma publicação pode ceifar a diversão de alguns jogadores e narradores que pretendem narrar à aventura, dessa forma, vou apresentar algumas dicas para moldar aventura introdutória do quickstart.

Ambientação.

Na aventura introdutória – O Legado do Desastre há um texto explicando as origens do daisho ancestral de Seppun Daiori, o principal item que integra toda a narrativa da aventura, mas há muito espaço para o narrador complementar com informações sobre a interação dos personagens.

No primeiro momento ambientei a Aventura na Era dos Quatro Ventos e dentre as dez fichas de personagens disponíveis no quickstart utilizei seis:
  • Um personagem Bushi Caranguejo
  • Um personagem Shugenja Caranguejo
  • Um personagem Bushi Garça
  • Um personagem Shugenja Garça
  • Um personagem Bushi Leão
  • Um personagem Shugenja Fênix 

No segundo momento elaborei uma pequena introdução para ser apresentada aos jogadores:

Em 1165 uma enorme disputa entre a o Vilarejo de Tochi da Garça (Clã da Garça) com o Vilarejo Wachimasu (Clã Caranguejo) deixou os dois clãs locais enfraquecido, facilitando uma investida das forças de Fu Leng na região, causando grandes baixas a todos. O Imperador Toturi III impôs aos dois vilarejos dos clãs rivais que estabelecessem uma trégua para evitar que novas investidas das forças de Fu Leng venham a ocorrer.

Na data de hoje é comemorado nas províncias festas locais para abençoar o acordo de trégua e o Imperador Toturi III enviou um Bushi do Clã Leão para prestigiar a festa no Vilarejo Wachimasu e um Shugenja do Clã da Fênix para prestigiar a festa no Vilarejo de Tochi da Garça, mas algo de terrível está preste a destruir essa trégua...

Com essa introdução já foi possível estabelecer uma certa rivalidade entres os dois personagens do Clã da Garça com os dois personagens do Clã Caranguejo, uma ótima forma de desenvolver interpretações para os jogadores. Enquanto que a aliança entre os personagens do Clã Leão e Clã da Fênix será responsável em unir os personagens em um único objetivo para evitar que as forças de Fu Leng saíam vitoriosas.   

A Era dos Quatro Ventos
Datas Aproximadas: 1158-1165
Imperador: Toturi I, Toturi II, Toturi III
Campeões dos Clãs Maiores: Hida Kuroda/Hida Kuon, Doji Kurohito, Togashi Hoshi/Togashi Satsu, Matsu Nimuro, Yoritomo Kitao/Yoritomo Kumiko, Shiba Mirabu, Bayushi Yojiro/Bayushi Sunetra, Moto Chagatai
Personagens Notáveis: Akodo Kaneka, o Bastardo; Hantei Naseru, a Bigorna; Toturi Sezaru, o Lobo; Toturi Tsudao, a Espada; Daigotsu, o Campeão Negro de Fu Leng.
Maiores Alianças: Dragão/Escorpião, Leão/Fênix
Maiores Conflitos: Caranguejo/Garça, Dragão/Fênix, Império/Terras Sombrias, Mantis/Mantis, Escorpião/Escorpião
Notas: Mais informações a respeito da Era dos Quatro Ventos estão chegando no próximo lançamento do RPG de LCA, o livro Era Lótus. O Imperador Toturi I morre sob misteriosas circunstâncias sem declarar herdeiro. Seus quatro filhos disputam o controle do Império: Kaneka, Naseru e Tsudao começam a reunir forças enquanto Sezaru incansavelmente caça o assassino de seu pai. O Caranguejo e a Garça se lançam à guerra pelas províncias Yasuki quando o daimyo da família morre sem herdeiro. O Dragão e a Fênix igualmente entram em guerra quando refugiados do Dragão, fugindo de uma erupção vulcânica, invadem as terras ocidentais da Fênix. Daigotsu consegue invadir Otosan Uchi e abrir um portal espiritual para que Fu Leng possa entrar nos Paraísos Celestiais. Kaneka se declara o Shogun, e Tsudao de auto-proclama Imperatriz. Guerras civis dentro do Mantis e Escorpião limitam a habilidade dos clãs em participarem de afazeres importantes. Os Quatro Ventos põem suas diferenças de lado quando sua mãe — a Oráculo do Vácuo e Imperatriz de Rokugan, Kaede — retorna para Rokugan, e partem para enfrentar Daigotsu nas Terras Sombrias. Tsudao e Daigotsu são mortos na luta. Fu Leng é expulso dos Céus, e Naseru se torna o Imperador Toturi III, enquanto Sezaru e Kaneka se juntam ao Clã Fênix.  

Interagindo com os Aldeões dos Vilarejos...

Inicie a narrativa com a chegada dos personagens do Clã Leão e do Clã da Fênix em cada um dos respectivos vilarejos, por ser um momento de festividades explore o sentimento de felicidade dos aldeões aproveitando esse curto período de tranquilidade.

Apresente aos jogadores os aldeões listados na aventura – O Legado do Desastre que possuem informações importantes para o desenvolvimento da narrativa, evitando expor os aldeões apenas no momento oportuno de fornecer uma informação e depois desaparecer.

Permita que os jogadores explorem os vilarejos e conversem com aldeões, uma forma do jogador se acostumar com a interpretação do seu personagem.

O Combate...

Um dos momentos mais aguardo na sessão de RPG por diversos jogadores, principalmente por causa da temática oriental.

As regras de combates em A Lenda dos Cinco Anéis são bem letais, proporcionando embates violentos, caóticos e mortais. Para incrementar a narrativa, estimule os jogadores a realizarem algumas manobras de combate, diminua incrementos nas dificuldades e descreva de forma sucinta, mais de maneira grandiosa as cenas de combate.

Com regras bem competentes e de fácil assimilação, a mecânica de resolução de conflitos em combate, fornece aos jogadores e ao narrador oportunidades de criar cenas épicas de combates, principalmente se os jogadores investirem Pontos de Vazio para realizarem feitos dramáticos. 

As consequências...

Essa ambientação da Era dos Quatros Ventos permite desenvolver diversas conclusões para a aventura introdutória – O Legado do Desastre.
  • O Vilarejo de Tochi da Garça (Clã da Garça) com o Vilarejo Wachimasu (Clã Caranguejo) mantém a trégua?
  • Os membros do Clã Leão e do Clã da Fênix relatam todos os fatos ao Imperador Toturi III?
  • Qual a reação dos membros do Clã da Garça e do Clã Caranguejo ao descobrir toda a verdade?

Pois bem... a aventura introdutória – O Legado do Desastre permite diversas abordagens, o que garante uma trama com reviravoltas alianças sendo forjadas e destruídas. Um ótimo tema a ser trabalhado em campanhas de A Lenda dos Cinco Anéis.

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios