Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » Resenha – Atisi
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Antes de qualquer coisa...
Ontem narrei uma sessão do RPG Atisi - Aventura & Magia utilizando os personagens prontos e as idéias disponibilizadas na prévia do Livro Atisi – Aventura & Magia (Versão Bárbara), fotos no instagran @janpiertezoon. O resultado satisfatório da narrativa estimulou a elaborar essa resenha. 

Saliento que essa resenha é referente à versão prévia do livro disponibilizado no Catarse. Mas em conversa com o autor Marcelo Paschoalin, nos próximos dias será disponibilizado um fastplay; confirmo que vou narrar na Vila do RPG e no Covil do RPG em Fortaleza-CE.

O autor
Atisi - Aventura & Magia (Versão Bárbara) é criação do escritor Marcelo Frossard Paschoalin, autor de diversos RPG: Aventura e Magia, Dark Fate, Anel Elemental, Anel Elemental – O Legado e 1887 – Sob o Sol do Novo México; e dos Romances: Crença de Ossos, Regência de Ossos, participou da coletânea Vampiros de Alma, Eriana, participou da coletânea 1000 Universos, A Última Dama do Fogo, A Última Dama do Fogo: Queda de Piros e Olympus.

Catarse
Atisi - Aventura & Magia (Versão Bárbara) está em financiamento coletivo no Catarse (Catarse Flex), pois o livro está diagramado, revisado e pronto para ir para a gráfica, principal razão da escolha do Catarse Flex é a garantia que os livros serão entregues aos apoiadores independente da meta ser alcançada ou não. Os valores acessíveis de investimento, a qualidade gráfica e a riqueza de conteúdo do cenário aliado a mecânica consagrada utilizada em Barbarians of Lemuria, estimula o investimento.

Resenha 

 “Conheça um mundo de homens fortes e poderosos, mulheres belas e astutas, soberanos cruéis e decadentes, e terrores inomináveis em ruínas de civilizações antigas. Prepare suas armas e esteja pronto para destronar o mais influente dos reis com sua fúria e sua sabedoria.”

Atisi - Aventura & Magia é um cenário de Espada e Feitiçaria (Sword and Sorcery), um gênero de fantasia caracterizado por sua ênfase em combates violentos e intervenções sobrenaturais; com fortes influências egípcias e africanas, no qual a sociedade vive em uma época similar a Idade do Bronze, mas com aspectos de magia e fantasia, inspirado nas histórias de Robert Ervin Howard (Conan), Fritz Leiber (Lankhmar), Michael Moorcock (Eric of Melnibone), Poul Anderson (King of Ys), Marion Zimmer Bradley (As Brumas de Avalon) e Jessica Amanda Salmonson (Trilogia Tomoe Gozen).

Resolução de Conflitos
Atisi - Aventura & Magia utiliza a mecânica do aclamado Barbarians of Lemuria, desenvolvido por Simon Washbourne da Beyond Belief Games; de fácil assimilação e intuitivo, que emula de forma competente as situações encontradas nos clássicos contos de espada e feitiçaria. Como o sistema foi licenciado, todas as regras necessárias para se jogar estão inclusas.

No sistema de resolução de ações, quando o personagem for realizar uma ação e houver a possibilidade de falha, e por conseqüência acarretar em alguma repercussão, é necessário realizar uma rolagem de ação; role dois dados de seis faces (2d6) e some os resultados obtidos. A isso, adicione o valor de um atributo que tenha relação com o que se tenta realizar. Se estiver lutando, inclua o valor da habilidade de combate apropriada; se estiver fora de combate, inclua o nível de uma ocupação que possa influenciar o feito.

Ação fora de combate = 2d6 + atributo + ocupação + Modificadores
Lutando = 2d6 + atributo + habilidade de combate + Modificadores
Se o resultado dessa rolagem for igual ou superior a 9 (nove), a ação é bem sucedida, um 12 natural, dois 6 nos dados, é sempre sucesso; e um 2 natural, dois 1 nos dados; é sempre falha.

Ocupação é semelhante às Classes de Personagens e os Modificadores são referentes às condições submetidas ao teste. As Características: Vantagens e Desvantagens permitem rolar 3d6, mas o resultado final será o valor dos dois d6 maiores.

Crenças e Cultos
A diversidade dos habitantes no cenário de Atisi resultou em diversas crenças, com costumes e práticas distintas. Muitos deuses existem aos olhos dos atisitas, talvez tantos quanto as estrelas do céu. Porém, algumas divindades possuem uma significância maior para o povo de Atisi, e são consideradas proeminentes no panteão, possuindo templos maiores e recebendo mais oferendas.

Magia
Em Atisi a magia é sutil e selvagem; poucos são aptos a manipulá-la. O conhecimento místico pode ajudar a resolver diversos problemas, mas não deve ser a chave para solução. A Magia pode causar desgaste físico ao personagem, impossibilitando de canalizar a essência para realizar magias; e em outros casos o personagem está sujeito a corrupção arcana; que transforma seu corpo em uma mácula demoníaca. Esses riscos resultaram em algumas restrições:
Adivinhação: Oráculos existem, mas são raros e imbuídos com poderes que nenhuma magia pode replicar. Portanto, não é possível identificar nem mesmo um pergaminho escrito em um idioma desconhecido usando magia.
Artilharia: A magia não serve para transformar seus conjuradores em armas de destruição em massa – esferas flamejantes e meteoros caindo do céu são coisas impossíveis. – Contudo, fazer com que mãos esqueléticas saiam do chão e golpeiem um oponente, ou que unhas cresçam para atacar como garras por um instante, por exemplo, podem ser alternativas viáveis para quem deseja usar magia para fins ofensivos diretos.
Transporte: Voar e teleportar são coisas que nenhuma magia pode realizar. Mesmo uma simples levitação não consegue ultrapassar buracos ou impedir que uma queda seja fatal.
Trazer alguém de volta à vida: Quando alguém morre, é o fim de sua existência, e magia alguma pode mudar isso. Ainda assim, há alguns que ousam brincar com tais forças e, ao tentar reerguer um morto, o que conseguem é apenas fazer com que os restos caminhem uma vez mais, como uma aberração sem vontade ou um zumbi tomado por energias malignas.

Secção da Mestra
Marcelo Paschoalin de forma louvável decidiu que o livro teria todos os seus termos flexionados para o gênero feminino, as palavras que se referirem a quem está jogando e a quem está conduzindo a aventura - Jogadora e Mestra, mas quando forem referenciados os próprios protagonistas, o gênero masculino é o alvo: os heróis.

Aventuras e Sagas
Encerrando a prévia do livro de Atisi - Aventura & Magia há tabelas de resultados aleatórios com idéias de Aberturas de Narrativa e Desenvolvimento de Tramas. Para ajudar a Mestra foi incluído o Apêndice I – Nomes com uma lista com diversos nomes e quatro personagens prontos.

Considerações
Atisi é compra certa... Cenário e Mecânica aliados de formar a proporcionar aos jogadores sessões memoráveis, adquira o seu exemplar via financiamento coletivo no Catarse e ajude a tornar realidade essa ideia. Contribua com o Financiamento Coletivo de Atisi no Catarse Flex e acompanhe as informações no Facebook


Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios