Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » Relatos: Saqueando Porto Sombrio [Sem Spoiler]
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Desde que a New Order Editora anunciou Os Contos da 13ª Era – Jogo Organizado (confira mais detalhes) o meu grupo habitual de jogo ficou animado em jogar toda a Campanha Oficial; e atualmente estamos encerrando a Aventura Saqueando Porto Sombrio.

O fato do RPG 13ª Era aliar as mecânicas do D20system com uma maior inserção dos jogadores ao cenário e a narrativa, através das Singularidades, Antecedentes e Ícones; tem encantado a diversos grupos de RPG que não gostavam da “mecânica pesada do D20system”, dessa forma, com toda essa empolgação com Os Contos da 13ª Era – Jogo Organizado comecei a narrar em eventos públicos, ou seja, no dia 24 de setembro, iniciei as narrativas públicas da aventura Saqueando Porto Sombrio, no encontro semanal do Vila do RPG, realizado no North Shopping Jóquei (Fortaleza-CE).


Inicialmente repassei a informação ao organizador do Vila do RPG que seria uma sessão oneshoot, pois a Aventura Saqueando Porto Sombrio é composto por seis “módulos”, que podem ser narradas como aventuras independentes que compõem uma campanha maior, facilitando as narrativas em eventos e encontros com a duração média de duas horas cada. Os personagens utilizados pelos jogadores foram os que compõem o Quickstart, aliás, estou utilizando o quickstart enquanto reponho o meu livro furtado, que estão disponíveis no site da New Order Editora.

Personagens & Jogadores

Quarion (Meio-Elfo/Bardo/2° nível) – Jogador: Lucas
Arthur (Humano/Paladino/2° nível) – Jogador: João Paulo
Ivnar Blueskin (Humano/Clérigo/2° nível) – Jogador: Israel Rodrigues
Doctore (Halfiling/Ladrão/2° nível) – Jogador: João Pedro
Coreon (Alto Elfo/Mago/2° nível) – Jogador: Paulo (Steve Rogers)

Relatos da Campanha [Sem Spoiler]

Introdução da Aventura Saqueando Porto Sombrio: Os personagens estão todos endividados com o Príncipe das Sombras por algum motivo, seja a dívida literal ou figurativa. Seja ela por um bom ou mau motivo, seja por pura má sorte, o Príncipe não é do tipo que deixa algo assim passar. O Príncipe quer que os personagens coloquem suas habilidades e talentos em prática e eles o farão se tiverem um mínimo de bom senso; afinal de contas o Príncipe não precisa ser tão generoso.

Apesar de querer relatar com precisão os fatos da narrativa, não seria interessante, pois os relatos podem ceifar a diversão de outros jogadores, revelando algumas informações importantes. Mas deve ficar bem claro que a Aventura Saqueando Porto Sombrio apresenta diversos recursos para tornar a aventura única para cada grupo. Dentre os recursos destaco:

Rumores: através de diversos rumores de acontecimentos da cidade, alguns têm conexão com a história principal e outros não, mas todos podem ser utilizados pelo narrador como fonte de ideias para novas narrativas, inserção de novos jogadores, aventuras paralelas, dentre outras; tornando a aventura única a cada narrativa.

Mapas: há poucos mapas e os que são apresentados são vagos e os locais são definidos apenas por rumores, dessa forma, possibilita ao Narrador e aos Jogadores detalhar as localidades.

Informações do tipo: Quem governa Porto Sombrio? Quais são as guildas mais ativas? Porto Sombrio é uma cidade de ladrões? Qual a sua relação com as cidades vizinhas? Todas essas indagações ficam a cargo do Narrador que em conjunto com os Jogadores devem responder ao desenvolver todo o cenário da narrativa.

Plano de Jogo Organizado: há seção na aventura dedicada exclusivamente para o Mestre, pois explana de forma objetiva e fornece dicas para preparar as narrativas de um jogo organizado, com diversas dicas que envolvem a forma de conduzir as sessões de jogos até o que será utilizado pelos jogadores (miniaturas, dados, mapas e etc.).

De forma geral, a Aventura Saqueando Porto Sombrio que compõe Os Contos da 13ª Era – Jogo Organizado (confira mais detalhes) apresenta de forma objetiva todas as informações para narradores experientes e novatos, tornando-se uma forma de popularizar o RPG 13ª Era.

Fotos da sessão: durante a narrativa registrei alguns momentos icônicos e ao final realizei o sorteio de um brinde.

Próxima Sessão: irei narrar o segundo módulo da Saqueando Porto Sombrio, no dia 15 de Outubro de 2016, no encontro semanal do Vila do RPG que será realizado na Livraria Feira do Livro.  

Vagas: 6 vagas – fichas prontas
Data: 15/10/2016
Horário: A partir das 14:00 horas
Local: Livraria Feira do Livro – Rua Benjamin Carneiro Girão, n° 87A - Montese, Fortaleza-CE.


Quer saber mais sobre o RPG 13ª Era:

Acompanhe a New Order Editora em suas redes sociais – Facebook, Twitter, Google+ e Instagram (@editoraneworder).




Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios