Select Menu

Narrativas

Narrativas
» » » » Bienal Internacional do Livro 2017 & Vila do RPG
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


A Bienal Internacional do Livro é um dos grandes momentos do calendário cultural do Ceará e do Brasil, com uma diversificada programação, envolvendo leitura, arte, cultura e pensamento crítico, além de reunir grandes escritores e outros artistas do Ceará, do Brasil e do Exterior, foram dez dias de diversas atividades incluindo várias sessões de RPG, organizados pelo grupo Vila do RPG, ou seja, do dia 14 ao 23 de abril, o Centro de Convenções do Ceará presenciou sessões de RPG diárias, com público diversificado, desde de curiosos a veteranos, deve-se salientar que também teve a presença constante de comitivas de alunos de escolas particulares e públicas no Espaço FORPG - Bienal 2017.

O tema da XII Bienal é “Cada pessoa, um livro; o mundo, a biblioteca”, harmonizando Cultura e Educação, homenageando o acervo literário universal, a cultura e a identidade brasileira como patrimônio da humanidade, tal tema casou perfeitamente com a proposta desenvolvida e organizada pelo grupo Vila do RPG que apresentou em seu Espaço FORPG – Bienal 2017 um grande acervo diversificado de jogos, estilos, temática e novidades em suas sessões de jogo, além de trazer à tona discussões e explanações sobre o RPG, suas referências e aplicações na literatura e cultura popular.


As palestras foram fundamentais para apresentar o RPG ao público, pois devido à grande movimentação de crianças e adolescentes no Espaço FORPG – Bienal 2017, muito pais ficavam instigados e acompanhavam as palestras. Afirmo que foi fundamental a realização dessas palestras que desmistificou o RPG, para os pais, responsáveis e diversos professores desde o nível infantil ao nível superior. A seguir apresento a programação das palestras realizadas:

Palestra – RPG para iniciantes: Um bê-a-bá do roleplaying game
Apresentação: Dmitri Gadelha e Rian Roriz

Palestra – RPG e Literatura: Entre a estante e a mesa de jogo
Apresentação: Dmitri Gadelha, Neyla Moreira e Rian Roríz

Palestra – O que faz um herói: A jornada mítica nas narrativas de RPG
Apresentação: Dmitri Gadelha e Neyla Moreira

Palestra – Mestres e Narradores: Um diálogo entre RPG e narração de histórias
Apresentação: Dmitri Gadelha e Neyla Moreira

Palestra – A profissionalização dos Mestres de RPG no Brasil
Apresentação: Amadeu Terceiro e Jan Pieterzoon

Palestra – O desafio de criar e publicar seu RPG
Apresentação: Daniel Eduardo, Filipe Muniz e Victor Leão

Palestra – Um panorama do RPG no mundo nerd/geek
Apresentação: Dmitri Gadelha, Neyla Moreira, e Rian Roríz


Sim... meus amigos... também subi ao palco a convite dos organizadores Dmitri Gadelha e Neyla Moreira, para apresentar a palestra – A profissionalização dos Mestres de RPG no Brasil – em conjunto com o Mestre Profissional Amadeu Terceiro que expõe as suas técnicas do D&D Delivery, enquanto que a minha apresentação focou no Produto RPG como Livro, Experiência de Jogo, Divulgação e o papel do Narrador como um Promotor Cultural, haja vista, o grupo Vila do RPG é um exemplo de narradores que realizam promoções culturais (no caso a Bienal) e expõe os diversos jogos das editoras nacionais e internacionais. Lembrando que rolou sessões do RPG 13ª Era e todos que participaram acumularam pontos na PROMOÇÃO EU QUERO NEW ORDER, logo mais divulgo a atualização da pontuação.


Para o Espaço FORPG – Bienal 2017 o convidado de destaque foi o escritor André Vianco representando os autores nacionais, que participou do bate-papo: Construção de Cenários e Personagens na Literatura e no RPG; ao final da conversa autografou diversos livros.

Também rolou diversos boardgames e cardgames dentro do Espaço FORPG – Bienal 2017, organizado pelo grupo Incrível Grupo de Estudos em Jogos de Tabuleiro – Igrejota, que também contou com um espaço bacana para os game designer interessados em apresentar seus jogos, destaco as prévias da Legião Jogos, uma empresa sediada em Teresina-PI, representados pelos games designers Pablo e o Bruno que apresentaram três protótipos: Scippio (cardgame), Eleições 20XX (boardgames) e Artefatos (boardgame). No canal do youtube do Professor Daravon é possível conferir uma entrevista com o Bruno e Pablo falando sobre os planos da Legião Jogos e um gameplay do protótipo Eleições 20XX.

Sem sombra de dúvidas a Bienal Internacional do Livro é um marco, as sessões de RPG as mesas de boardgames foram incríveis, mais devo salientar que as palestras, apresentaram de forma sublime o RPG, pois a Bienal é uma grande vitrine, e apresentar de forma correta e coerente o nosso querido RPG desmitificando a grande quantidade de “baboseira” que a mídia desinformada apresenta é fundamental.

Agradeço a todos os membros que compõe o grupo Vila do RPG, o grupo Igrejota e aos organizadores da Bienal Internacional do Livro que realizaram um evento épico ajudando a divulgar o RPG.

Autor Jan Piertezoon

A Mente maléfica por trás da criação do Blog Filhos da Gehenna, (ir)responsável pela narração da atual crônica do blog apresentado no podcast. Aficcionado por jogos de interpretação, onde o sistema preferido para as minhas crônicas é o Storyteller e Storytelling. Um colecionador de livros de RPG e um grande consumidor de podcast. RPG Mainstream ou Indie não importa, jogo todos!!!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios