[Resenha] HQ A Canção do Cão Negro | Inspiração para o seu RPG de Espada e Feitiçaria


Ficha Técnica
Título: A Canção do Cão Negro (Contos do Cão Negro #2)
Editor: Artur Vecchi
Roteiro: Cesar Alcázar
Ilustrações: Fred Rubim
Projeto Gráfico e Diagramação: Vitor Coelho
Quantidade de Páginas: 64 páginas
Publicação: AVEC Editora
Ano: 2017

Sinopse oficial: Um ano após derrotar o viking Ild Vuur e um monstro de eras imemoriais, Anrath, o Cão Negro, agora comanda seu próprio navio. Ao lado de Aella, a guerreira, e Rorik, o gigante saxão, ele embarca em uma missão perigosa na Islândia, que irá resultar em um novo confronto com saqueadores vikings. Porém, esta batalha acabará colocando Anrath nas garras de uma criatura mitológica sedutora e mortal.

Origens...

O Canção do Cão Negro é o segundo volume dos Contos do Cão Negro, com roteiro de Cezar Alcázar e ilustrações de Fred Rubim, a obra começou a ser publicada em 2015 no site Outros Quadrinhos, mas em 2016 a AVEC Editora publicou O Coração do Cão Negro (Os Contos do Cão Negro #1) incluindo material inédito, num encadernado de capa cartonada, lombada quadrada e papel de couché fosco de alta gramatura.

Confira a Resenha>>> O Coração do Cão Negro (Os Contos do Cão Negro #1)

Resenha

Em A Canção do Cão Negro (Os Contos do Cão Negro #2), Anrath e seus companheiros de batalha estão de volta, mas necessitam resolver assuntos inacabados e lidar com as consequências do embate contra Ild Vuur.

A narrativa tem início um ano após os acontecimentos do desenvolvidos em O Coração do Cão Negro (Os Contos do Cão Negro #1), Anrath está cansado das batalhas e é convidado a mudar de vida, mas o seu caminho como guerreiro o impede de descansar, pois a violência o persegue. Antigos aliados de Ild Vuur reconhecem e atacam o navio que Anrath tomou do viking, forçando-o a refugiar-se em uma ilha, na qual, esconde grandes mistérios e um ser místico que apresenta uma nova vida para Anrath, mas tudo tem seu preço.

Nesse segundo volume dos Contos do Cão Negro a qualidade dos textos e das ilustrações estão soberbos, Cesar Alcázar é sucinto no desenvolvimento dos diálogos, facilitando a compreensão do leitor e Fred Rubim retratar grandes cenas em painéis épicos. As cenas de combate apresentam uma dinâmica única reforçando o seu talento em desenvolver uma narrativa visual. 


Espada & Feitiçaria

Sem sombra de dúvida, Os Contos do Cão Negro (O Coração do Cão Negro e A Canção do Cão Negro) são duas incríveis história que misturam elementos de Conan, o Bárbaro (Robert E. Howard) e da série de tv Vikings (History), em uma narrativa clássica de Espada & Feitiçaria. 

Nesse segundo volume as ilustrações de Fred Rubim estão espetaculares, a cada página virada o leitor é envolvido por painéis de ação e selvageria, a intensidade dos traços muda conforme o desenvolvimento da narrativa; a talentosa dupla Fred Rubim e Cesar Alcázar apresentam ao leitor uma obra de história vikings, com poderosos guerreiros e seres místico, na qual, os personagens devem decidir entre escolhas comuns, desenvolvendo personagens mais críveis que o leitor passa admirá-los.

Tais elementos fornecem uma rica fonte de inspiração para narradores e jogadores de RPG – Yggdrasill e Dungeon Crawl Classic da Editora New Order e o Espadas Afiadas & Feitiços Sinistros de autoria de Diogo Nogueira do site Pontos de Experiência, publicado pela Editora Pensamento Coletivo.

Saiba mais...

Acompanhem as publicações da Editora AVEC através do SITE OFICIAL, na página do FACEBOOK, no perfil do INSTAGRAM e no TWITTER.

Confira a resenha em vídeo de Alexandre Callari, membro do Pipoca & Nanquim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário